CAMPANHA “MAIO AMARELO: MINHA ESCOLHA FAZ A DIFERENÇA”


O 1º Batalhão de Polícia Militar, por intermédio do Pelotão de Trânsito da Unidade, promoverá durante o mês de maio uma série de atividades educativas de trânsito. Buscando alcançar condutores, passageiros e pedestres, as ações envolverão a realização de blitzes educativas direcionadas, com a distribuição de material informativo e orientações, além de um simulado de acidente de trânsito.

Em Ponta Grossa, a Campanha “Maio Amarelo: Minha Escolha Faz a Diferença”, desencadeada em parceria com a Secretaria Estadual da Saúde, Polícia Rodoviária Federal, 2ª Circunscrição Regional de Trânsito – CIRETRAN, Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência – SIATE, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, e Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), terá o seguinte cronograma:

  • 05/05/17: abertura e blitz educativa na Avenida Vicente Machado, ao lado do terminal central de transporte coletivo, com início às 15 horas;
  • 12/05/17: blitz educativa para pedestres no Calçadão Municipal, com início às 15 horas;
  • 17/05/17: blitz educativa para condutores de veículos na Avenida General Carlos Cavalcanti, ao lado dos Hipermercados Condor e Tozetto, com início às 15 horas;
  • 25/05/17: simulado de acidente de trânsito na Rua do Rosário, frente ao Colégio Estadual Regente Feijó, com início às 15 horas;
  • 31/05/17: blitz educativa para condutores de veículos em frente ao Posto da Polícia Rodoviária Federal – Unidade Operacional Furnas, na Rodovia BR-376, Km 509, com início às 9 horas.

A escolha do mês de maio foi motivada pela Organização das Nações Unidas, quando decretou a “Década de Ação para a Segurança do Trânsito”, em 11 de maio de 2011. Com isso, os esforços para a conscientização dos usuários das vias públicas são concentrados no quinto mês do ano, em todo o mundo.

A cor amarela foi escolhida por ser a cor da advertência no trânsito, e o laço, símbolo do movimento, é um sinal de engajamento, de envolvimento conjunto em torno de objetivos comuns.

O 1º BPM destaca que a mobilização social, através de ações conjuntas, é capaz de chamar a atenção de condutores, passageiros e pedestres, estimulando a reflexão sobre a necessidade de um trânsito mais seguro, consciente e cidadão.

1º Tenente QOPM Natália Marangoni de Oliveira – OCS/1º BPM.

2º Sargento QPM 1-0 Lucas Fabiano de Oliveira – Auxiliar.

Comunicação Social do 1º BPM.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta